facebook instagram
Portal de Turismo de
Rio do Sul

Rio do Sul


{{previsaoTempo.dia1.diaSemana}} {{previsaoTempo.dia1.condicao}} min {{previsaoTempo.dia1.minima}} / max {{previsaoTempo.dia1.maxima}}
{{previsaoTempo.dia2.diaSemana}} {{previsaoTempo.dia2.condicao}} min {{previsaoTempo.dia2.minima}} / max {{previsaoTempo.dia2.maxima}}

Apresentação

Localizado no Vale Europeu, Rio do Sul destaca-se através das belas paisagens naturais, da herança cultural e da diversidade industrial, através dos setores de vestuário, metalmecânico e eletrônico. Parada obrigatória daqueles que passam pela rodovia BR-470 e visitam, diariamente, o Fabricenter 470 e o Centro Comercial Pólo Shopping, em busca dos produtos em jeans, malha e moda em geral, a cidade vem se consolidando no cenário de aventuras, através do cicloturismo, trekking e voo livre.

 

Seus moradores preservam a história, costumes e tradições de seus antepassados e a diversidade atrativos naturais encantam a todos, como a Cachoeira da Magia, o Morro do Funil e os mirantes naturais localizados nas Serras da cidade.

 

Anualmente, em meados de maio acontece a AGROVALE – Expofeira Agrícola do Alto Vale do Itajaí, um evento de caráter sócio econômico e cultural, que acontecerá no Centro de Eventos Hermann Henrich Purnhagen, em Rio do Sul (SC), reunindo diversas cadeias produtivas do setor agropecuário municipal e regional, com foco especial na Agricultura e Agroindústria, envolvendo empreendedores rurais, técnicos, lideranças. O Evento busca fortalecer a atividade agropecuária regional e promover o desenvolvimento social econômico e cultural da comunidade. Durante os dias do evento, são expostos e comercializados produtos dos agricultores e das agroindústrias locais de grande, médio e pequeno porte, com destaque àquelas da agricultura familiar, quando também serão estimuladas rodadas de negócios e seminários. Concomitantemente realizar-se-ão exposição e comercialização de animais, artesanato, plantas ornamentais e frutíferas, e gastronomia típica regional. Complementarmente são realizadas oficinas de trabalho, palestras e apresentações para o público em geral. Contará ainda com outras atrações como show de bandas, exposição de máquinas e equipamentos relacionados com o setor rural.

 

O setor de eventos vem crescendo e já conta com a FERSUL – Feira Multissetorial do Alto Vale do Itajaí, da HABITAVI – Feira da Habitação e da Construção Civil do Alto Vale do Itajaí, do MOTOSUL, da Feira Ponta de Estoque, da EXPOCERVER – Exposição de Máquinas e Equipamentos para a Cerâmica Vermelha, da Festa do Agricultor, dentre outros eventos.

 

 Venha viver melhor! Rio do Sul te espera!

 

 

 RESUMO HISTÓRICO

 O Vale do Itajaí (1942), mais tarde desdobrado em três microrregiões (1970), Alto Vale do Itajaí, Médio Vale do Itajaí e Foz do Rio Itajaí, está situado em um vale formado pelos rios Itajaí-Açu, Itajaí-Mirim e seus afluentes, que por sua vez compõe a bacia do rio Itajaí-Açu e as serras do Mirador, Itajaí e Moema – foi colonizada por diversas correntes migratórias. Inicialmente, para estabelecer-se junto à foz do rio, chegaram os lusos brasileiros e, a partir de 1850, os alemães e italianos e, ainda outros imigrantes em menores grupos, de diferentes nacionalidades. Esse Vale acabaria possuindo características próprias dentro do Brasil, tanto pelas etnias dos imigrantes ali estabelecidos, como pelo fato de trazerem a experiência do trabalho em pequenas propriedades de terra e de serem praticantes da policultura, empenhando-se em realizar o seu ideal de possuir terra própria e liberdade.

O desenvolvimento do Alto Vale do Itajaí, em que se uniram os interesses e os esforços do governo, das companhias de colonização e a iniciativa empreendedora de indivíduos que trouxeram a influência europeia em diferentes épocas, se fez tendo como base de apoio imprescindível, a abertura de estradas.

A colonização seguia rumo à serra, caso de Rio do Sul, núcleo emergente no Alto Vale do Itajaí. O rio Itajaí-Açu desempenhou papel decisivo na fixação dos colonizadores, que teve início oficialmente no dia 07 de setembro de 1892, com a chegada do primeiro colono, vindo de Blumenau, Francisco Frankenberger. Posteriormente, chega nas novas terras, Basílio Correa de Negredo, para trabalhar na travessia da balsa.

O núcleo populacional que se formou nas margens do Rio Itajaí do Sul chamava-se Braço do Sul. Em 1912, passou a denominar-se Bella Alliança. E finalmente, passou a chamar-se Rio do Sul. Em 1930, como Deputado, Ermembergo Pellizzetti conseguiu a Emancipação Político-administrativa do Distrito de Bella Alliança, transformado-o em município, no dia 15 de abril de 1931.

A administração do município teve início com o prefeito Eugênio Davet Schneider, com a criação do primeiro mapa cadastral de Rio do Sul, quando a cidade já mostrava-se ao Estado de Santa Catarina, como um centro econômico e demográfico em potencial. Nosso município passou por diversos prefeitos, os quais contribuíram para o desenvolvimento e progresso da região e contribuindo na construção da identidade de Rio do Sul.

Rio do Sul impôs-se aos demais núcleos do Alto Vale do Itajaí desde o início, graças à sua posição geográfica privilegiada. Começou logo a desenvolver um intenso comércio de produtos extraídos da área rural, enquanto a indústria surgia aos poucos. Outro fator para o crescimento foi a construção da estrada de ferro, permitindo a exploração de novas fontes de economia, como foi o caso da madeira.

Rio do Sul passou por várias fases de transformação, agregando diversas localidades espalhadas em torno do espaço urbano e ao longo dos rios, com a extração da madeira entre 1930-1960 e a chegada da Estrada de Ferra na década de 1930 . O centro se estabelece no seu local atual.

Rio do Sul teve um grande crescimento nas últimas décadas. O poder público se defronta com muitos desafios. Nosso município passou por várias fases de transformação, agregando diversas localidades espalhadas em torno do espaço urbano e ao longo dos rios.

Podemos desta forma destacar importantes fatores para o desenvolvimento e crescimento de Rio do Sul: O Rio Itajaí-Açu; A instalação do Comércio; Instalação das indústrias; Ciclo da Madeira; A Estrada de Ferro, e por último a instalação das Indústrias de Jeans, já sendo considerada a Capital do Jeans.

Hoje Rio do Sul conta com uma população estimada em 69.188 pessoas (IBGE).

 

 

Imagem ilustrativa região turística Caminhos do Alto Vale

Caminhos do Alto Vale

Caminhos do Alto Vale, encanta por suas belezas naturais e pela cultura do seu povo. E para você aproveitar cada pedacinho desse paraíso que com seus recursos naturais potencializam a pratica do ecoturismo e aos esportes de aventura. Seus vales formam inúmeros cânions e corredeiras em seus rios, que propiciam a prática do rafting, rapel, canoagem e boia-cross em suas águas e desníveis fluviais. A vocação para o agroturismo é visível quando se degusta um autêntico café colonial ou almoço caseiro à base de produtos da terra, nas propriedades rurais que guardam riquezas culturais deixadas pelos imigrantes.

Saiba mais sobre a região Caminhos do Alto Vale acessando o
IDMS de Rio do Sul
Índice de Desenvolvimento Municipal Sustentável
0,000
Borracharia, oficinas, clínicas, farmácias, imobiliárias, guias de turismo, telefones úteis, etc... Conheça o guia completo de serviços de Rio do Sul.
Saiba Mais

COMO CHEGAR

PRINCIPAIS DISTÂNCIAS

Florianópolis, SC 196 km 3 horas 17 minutos Ver mapa >
Blumenau, SC 96,4 km 1 hora 50 minutos Ver mapa >
Joinville, SC 187 km 3 horas 11 minutos Ver mapa >
Chapecó, SC 382 km 5 horas 34 minutos Ver mapa >
Lages, SC 128 km 2 horas 0 minutos Ver mapa >
Criciúma, SC 267 km 4 horas 55 minutos Ver mapa >
Porto Alegre, RS 472 km 6 horas 59 minutos Ver mapa >
Curitiba, PR 294 km 4 horas 49 minutos Ver mapa >
São Paulo, SP 696 km 9 horas 46 minutos Ver mapa >
Brasília, DF 1.662 km 21 horas 3 minutos Ver mapa >